ATA DE FUNDAÇÃO

Acta da sessão da Instalação, 2 de Dezembro de 1869. Presidência do Exmº Sr. Dr. Silvério Fernandes de Araújo Jorge

Às 5 horas da tarde, reunidos no Palácio da presidência a convite do Exmo. Sr. Dr. José Bento da Cunha Figueiredo Júnior os cidadãos : - Exmo. Sr. Dr. Silvério Fernandes de Araújo Jorge, Dr. Delfino Augusto Cavalcanti de Albuquerque, Dr. Olympio Euzébio de Arroxelas Galvão, Dr. Mariano Joaquim da Silva, Dr. Joaquim José de Araújo, Dr. José Ângelo Marcio da Silva, Dr. Roberto Calheiros de Mello, Dr. Luíz Barreto Corrêa de Menezes, Dr. Manoel Lourenço da Silveira, Dr. Euthíquio Carlos de Carvalho Gama, Dr. Possidonio de Carvalho, Moreira, Dr. João Francisco Días Cabral, Dr. João Lopes de Aguiar Muritiba, Vigário Francisco Peixoto Duarte, padre Antonio Procópio da Costa, major Manoel Claudino de Arroxelas Jayme, major Luíz José de Mendonça, inspetor Leandro Ferrelra Campos, professor José Francisco Soares, professor Jose Alexandre Passos, chefes de secção Tibúrcio Valeriano de Araújo, e Ildefonso de Paula Mesquita Cerqueira, engenheiro Carlos de Mornay, negociantes Manoel de Vasconcellos Júnior e Abilio Coutinho, pelo mesmo Exmo. Sr. José Bento foi lido um bem elaborado discurso no qual, demonstrada convenientemente a utílidade se não urgente reclamo de um sociedade que fitasse o restabelecimento e construção da história da província, pesquisando o passado e archivando no presente, declarou que aquela reunião tinha por fim a creação de um - Instituto Archeológico Alagoano, terminando por oferecer os estatutos de idêntica associação de Pernambuco, a fim de servirem de norma até que, constituído definitivamente o Instituto, organisasse e aprovasse os seus..

Aceita a Idéia pelos cavalheiros presentes, foi em seguida aclamado presidente ínterino do Instituto - o Exmo. Sr . Dr. Silvério Fernandes de Araújo Jorge que, depois de proferir uma breve allocuçáo na altura do cometimento a que metiam hombros, passou à eleição dos membros effectivos da mesa adminístrativa, a cujo cargo se ia por a direção do Instituto, nomeados secretário e escrutinador os drs. Olympio e Mariano.

Considerados sócios Instaladores os cidadãos convocados, então presentes, e mais o sr. dr. José Antonio de Magalhães Bastos, que deixando de comparecer por doente, officiou no sentido do maior assentimento à idéia, manifestando o desejo de ser também considerado sócio instalador , - procedeu-se a eleição que por escrutínio secreto, e maioria absoluta dos votos, deu o seguinte resultado: -Presidente o exmo Sr. dr. Silvério Fernandes de Araújo Jorge. 1º Vice-Presidente – o snr dr.. José Ângelo Márcio da Silva. 2º Vice-Presidente o revmo vigário Francisco Peixoto Duarte. Secretário Perpétuo – o sr. dr. João Dias Cabral. 2º Secretário – Manoel Claudino de Arroxelas Jayme. Orador – O sr. dr. Mariano Joaquim da Silva. Thesoureiro – o sr. Manoel Lourenço da Silveira. Secretários Adjuntos – os snrs, Ildefonso de Paula Mesquita Cerqueira e Tibúcio Valeriano de Araújo.

Empossados os eleitos, foi considerado desde logo sócio honorário, e por unanimidade de aceitação, o exmo sr. dr. José Bento da Cunha Figueredo Junior, como proposto fôra pelo exmo sr. dr. Silvério. O snr. Dr. Mariano ofereceu ao Instituto as colunas do jornal União Liberal, para nelle inserir suas publicações até que publicasse sua Revista, o que foi aceito com agrado. Levantou-se a sessão às 8 horas da noite.

Manoel Claudino de Arroxelas Jayme - 2º Secretário

Voltar